Bem-vindos!

Bons amigos, valorosos guerreiros da espada e da magia, nobres bardos e todos aqueles com quem tiver o prazer de cruzar meu caminho nesta valorosa, emocionante e por vezes trágica jornada em que me encontro! É com grande alegria e prazer que lhes dou as boas-vindas, e os convido a lerem e compartilharem comigo as crônicas e canções que tenho registradas em meu cancioneiro e em meu diário...Aqui, contarei histórias sobre valorosos heróis, batalhas épicas e grandes feitos. Este é o espaço para que tais fatos sejam louvados e lembrados como merecem, sendo passados a todas as gerações de homens e mulheres de coração bravo. Juntos cantemos, levando as vozes daqueles que mudaram os seus destinos e trouxeram luz a seus mundos a todos os que quiserem ouvi-las!Eu vos saúdo, nobres aventureiros e irmãos! Que teus nomes sejam lembrados...
(Arte da imagem inicial por André Vazzios)

Astreya Anathar Bhael

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Willow

Ao ouvir no oráculo youtube uma ótima compilação da belíssima trilha sonora de meu conto de infância favorito, "Willow na terra da magia", não pude deixar de emocionar-me e compartilhá-la convosco. Estas composições estão entre minhas melodias favoritas, por sua delicadeza, fantasia, e capacidade de trazer-me ainda o mesmo sentimento que invadia meu coração quando ainda pequenina, ouvia este conto na famosa "sessão da tarde"... bons tempos! Posso dizer que este singelo conto de amor, amizade e bravura foi um dos primeiros a plantar em meu alter-ego a vontade de jogar RPG e a paixão por histórias e fantasia...










"Willow na terra da magia" conta a história de um anão(seria um halfling?) apirante a feiticeiro, Willow Ufgood, que encontra um bebê humano, a encantadora Elora Dannan, e a partir daí se vê envolvido em uma empreitada para salvar a pequena Elora das mãos da maligna rainha Bavmorda. É que Elora é uma criança especial, nascida com uma marca que indica que ela será a princesa capaz de por fim ao reinado maligno de Bavmorda. Para proteger Elora, Willow conta com a ajuda do guerreiro falastrão Madmartigan, da poderosa feiticeira Fin Raziel e da própria filha de Bavmorda, Sorsha, que ao se apaixonar pelo guerreiro citado acima, passa a acompanhar os bravos aventureiros. Diversão garantida...

A bela trilha sonora é do excelente bardo James Horner, a quem ainda dedicarei um pergaminho inteiro nesse cancioneiro...

Que os ventos da nostalgia e da inocência estejam convosco, bravos aventureiros!

8 comentários:

  1. Willow foi um grande herói Gnomo. Que saiu em uma nobre missão e se tornou um grande feiticeiro mesmo quando ninguém, nem ele mesmo acreditava em si próprio. Que sua coragem e determinação sempre nos inspirem a seguir em frente e defender o que é certo.
    (O povo do Willow deve ser Gnomo, já que vivem em florestas e em tocas. São gordinhos, mas nem tanto quanto os anões. São pequenos, mas não possuem pelos nos pés como os Halflings. Também possuem afinidade com a magia.
    Uma vez eu falei que não avia um herói Gnomo famoso. Então o Leo me mostrou esse filme e eu achei super divertido. Ele também me contou que quando ele criou o mago Nubling foi inspirado no Willow.)

    ResponderExcluir
  2. Sim, Willow realmente poderia ser um grande herói gnomo, especialmente porque ele é um usuário de magia. De qualquer forma, esta é uma belíssima história, que todos os aventureiros dos mundos de RPG deveriam conhecer.

    ResponderExcluir
  3. Eu já tinha ouvido falar em mudança de classe, mas não em mudança de raça! Willow começou o post como anão, cogitou-se a possibilidade de ser um hobbit e veio parar nos comentários como gnomo, rsrsrsrs.

    Ótimo filme e ótima trilha sonora. Obrigado Astryea por avivar memórias dos bons tempos de sessão da tarde!

    ResponderExcluir
  4. COF! COF! COF! /me tossindo com a poeira que a Astreya liberou ao desenterrar esse fóssil!

    Conheci Willow ainda na época do VHS, e sempre gostei (e ainda sinto muita falta) da animação de monstros de massinha stopmotion usada nos filmes de fantasia dessa época (lembram do monstro de duas cabeças que surge no fosso do castelo? Pois é), e q tb constam em Jasão e os Argonautas, Fúria de Titãs (original) e o classicássico Krull. Aliás, cena épica essa. Ainda posso rir ao ver Val Kilmer posando de guerreiro temível, não vendo o monstro que se agiganta nas suas costas, e sem notar que o exército à sua frente está com medo do monstro e não dele.

    Posteriormente, eu comecei a notar uma certa semelhança entre Willow e SdA, por ambos tratarem de fantasia e colocarem personagens pequenos e desacreditados responsabilizados pela salvação do mundo. Willow precisa devolver o bebê e Frodo levar o Um Anel à Montanha da Perdição. Até hoje, considero muito bem sacado como Willow trapaceia Bavmorda com um truque simples, mas muito bem colocado. Texto muito poderoso o deste momento:

    WILLOW: "Eu a mandarei para um lugar onde as garras do mal não poderão alcançá-la!"

    BAV: "Tal lugar não existe!"

    Bom, é isso.

    ResponderExcluir
  5. Já assisti a muitas Sessões da Tarde na época entre meus 5 e 10 anos, mas infelizmente não lembro de ter visto este filme :(

    De qualquer forma, a música soa épica e acende o espírito da aventura em quem a ouve, o que já é um ótimo sinal! ^^

    ResponderExcluir
  6. Selwyna, a Bruxa da Rosa Negra28 de setembro de 2010 18:46

    Lembro-me de ver esse filme em VHS (o Leo tem uma fita) é realmente uma graça e tem muitos ensinamentos, sem falar dos momentos hilários de quando Madmartigan se disfarça de mulher. Rsrsrsrs
    O Willow lembra um Gnomo mesmo. Corajoso, gordinho, dedicado, atrapalhado e protetor.

    ResponderExcluir
  7. Rhorvals Alhanadel, o Ciclone de Aço2 de outubro de 2010 06:14

    HAHAHAHA, eu tenho esse filme, cara ele demais! O Nubling originalmente era baseado no Willow e naquele feiticeiro idoso que aparece no começo.
    Feiticeiro – Siga o pássaro-
    Gnomo – Mas ele esta indo em direção a vila-
    Feiticeiro- ....... Ah! Cruzem o rio-
    Clássico!
    Vamos dar um novo visual para o Nubling. Já que ele está com mais de 236 anos.
    http://4.bp.blogspot.com/_T1GXmgj7TQk/SxqoYkzdw9I/AAAAAAAAAWo/uB5feSUPgTg/s1600-h/PZO1115-SummonerSketch.jpg

    ResponderExcluir
  8. Olá amigos! Obrigada pelas visitas e apreciações. Este filme é realmente um clássico, e sim, acredito que seja bastante baseado em SDA, embora na época eu não soubesse disso!

    O novo visual de Nubling está muito bacana, nobre Rhorvals!

    ResponderExcluir